Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


carne inimputável

por vítor, em 02.11.10

À carne inimputável acrescento o pavor

que a poeira confunde nas respostas

assexuadas da dor.

Não respondo pela loucura  que se liberta

do desejo intruso  rastejando na pele inflamada e cruel

nas imagens que projeto no vento irascível

deriva que alberga e peia as máscaras reclusas.

O ruído ondula na praia, no mar que se recusa a controlar

a memória convulsa, reverberação  carnal que inverte o desejo

e esmaga o conforto do regresso aos ditames

primordiais,  inertes angustiados gemendo nos lábios cerrados

rompendo a humidade do sexo, garantindo a imputabilidade

do homem que acordou do sonho antigo

provocação da vida intermitente.

Partilho o projeto de segredo onde a nudez

da narrativa resgata a aura paralela do vazio

eterno da criação

frase de ontem ao encontro da noite, procura da pedra

emersa na pradaria apocalíptica

futuro próximo da visão armadilhada.

A carnificina a que me proponho assistir

arrastará as almas até ao êxodo final, descobertas,  restarão

pasto dos abutres do espírito ensanguentado.

 

(Monte Gordo () 2/11/2010)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:34

noites dolorosas

por vítor, em 18.04.09

 

 

Na noite das facas longas todas as palavras serão lançadas. Enquanto as lâminas rasgarem as carnes palpitantes a hipocrisia dará lugar à verdade plana e dolorosa. As palavras doerão mais que as punhaladas raivosas...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:22

As prepotentes palavras

por vítor, em 11.11.08

 

Luís Feito Lopez

 

Na carne enxuta

um cravo rasga a sedimentação brutal dos sentimentos

revolve as águas na aluvião do desejo amovível

 

Das prepotentes palavras

esquecidas

dos odores intensos da lama

desordenada

da gangrena, dos solavancos da carne,

pingam líquidos que constroem

estalagmites de medo

petrificam os perplexos louvores da memória

o tumor que envolve

amnioticamente a maresia

tornou-se o corpo são onde chapinham as ilusões

incompletas,

sóbrias e descalças

 

Um corpo entumescido

de vibrações inertes que borbulham

ao encontro da eternidade

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:58


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

4 águas/cativa editoras

5 euros (livro) + 2.5 (portes) = 7.5 euros vgcardeira@sapo.pt

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D

votação

Pode Portugal sair da crise sem a ajuda da Troika?
Sim
Não
= ver resultados =



partículas




vendo


My blog is worth $5,645.40.
How much is your blog worth?


horas amargas


PRÉMIO CATIVA

07/2007 - Jorge Palma 08/2008 - Ricardo Araújo Pereira 09/2009 - José Bivar 10/2010 - Ana Drago 11/11/2011 - The Legendary Tiger Man 12/12/12 - Ricardo Araújo Pereira 26/12/13 - Rui Costa VII

tradutor