Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Pensamento na hora

por vítor, em 08.05.06

O homem sonhou que um dia a vida seria para trabalhar menos e sempre em actividades, como diriam os nossos irmãos brasileiros,"gostosas."

Infelizmente penso que já chegámos ao pico onde se cruzam as linhas do tempo e da "gostosura" no trabalho.

Depois dos computadores, dos robôs, da digitalização, das múltiplas máquinas-que-quase-tudo-fazem, vamos passar a trabalhar mais.

Eu sei, eu sei, que quando vou ao restaurante quero o peixe mais fresco do mundo e isso...

Quando vou ao dentista quero dedicação, paciência e competência e isso...

Quando visito uma cidade quero-a limpa e isso...

Quando....Quando....Quando....

Custa muito trabalho!

Mesmo assim penso que poderemos sempre conciliar trabalho aliciante e tempos de lazer...Trabalhando menos por época e por vida, por mais que esta última se estenda para lá da centúria.

E se alguém quiser trabalhar mais, que o faça. Liberdade acima de tudo. Todos devíamos ter direito ao trabalho e o dever de trabalhar sem que isso impedisse o direito à convivência com familiares e amigos, à leitura, a ouvir música, a ir ao cinema, ao teatro, ao cinema, a caminhar pelos campos e pelas cidades, a praticar desporto, etc. Nestes domínios não haveria lugar a deveres. Quem não quisesse a isso não seria obrigado...

Agora a lógica de que se os chineses trabalham 14 horas por dia e que se não têm ,ou não querem ter; férias, nós temos que trabalhar mais e ter menos férias, é que não conduz ao caminho de  humanização a que humanidade (passe o pleonasmo) tem vindo a seguir, lentamente e com os precalços que conhecemos. Não seria mais lógico os chineses trabalharem um pouco menos? Ao contrário do que nos têm vindo a, etnocentricamente (ou melhor eurocentricamente), a tentar convencer, eu também acho que os chineses gostariam de tarbalhar menos, de ter férias, 13º e 14º mês, etc...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:10



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

4 águas/cativa editoras

5 euros (livro) + 2.5 (portes) = 7.5 euros vgcardeira@sapo.pt



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

votação

Pode Portugal sair da crise sem a ajuda da Troika?
Sim
Não
= ver resultados =



partículas




vendo


My blog is worth $5,645.40.
How much is your blog worth?


horas amargas


PRÉMIO CATIVA

07/2007 - Jorge Palma 08/2008 - Ricardo Araújo Pereira 09/2009 - José Bivar 10/2010 - Ana Drago 11/11/2011 - The Legendary Tiger Man 12/12/12 - Ricardo Araújo Pereira 26/12/13 - Rui Costa VII


tradutor