Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Um Torneio Escada

por vítor, em 17.03.07
Este blogue não serve para falar de coisas pessoais (não confundir com coisas de pessoas). No entanto hoje vou fazer uma excepção e vão ver que valerá a pena.

Há dois anos  comecei a jogar ténis. Tinha jogado até então duas ou três vezes na vida. Influenciado por um  amigo e pelo meu filho mais novo, tenho vindo a jogar 1 vez por semana e , até, (pudera) a evoluir bastante. Acontece que no clube onde jogamos organizaram um "torneio escada" e meteram-me ao barulho. Um torneio escada, vim a saber depois, é uma competição que se arrasta por vários meses e onde os jogadores são seriados num ranking em que os melhores estão nos primeiros lugares e os piores, como é óbvio, nos últimos. Quando fui ver a seriação até fiquei surpreendido, estava a meio da "escada" com uma série de jogadores, que não conhecia, estrangeiros atrás de mim. À minha frente um tal de Jean , holandês. Este tipo de torneio funciona por desafios: um jogador desafia um dos dois jogadores que  lhe está logo acima e, em caso de vitória ocupa-lhe o lugar (sobe na escada) descendo o derrotado ao lugar do vencedor (desce na escada). Durante o torneio, os melhores vão subindo lentamente enquanto os menos bons se vão aproximando do fundo da tabela.

Como me competia, desafiei o jogador que estava mesmo por cima de mim, o tal Jean . O desafio foi aceite e marcado o jogo para hoje, pelas dez horas da manhã.

Também como me competia, tratei de colectar informações sobre o jogador desafiado. O pouco que soube deixou-me tranquilo e confiante: o senhor tinha 69 anos, era canhoto mas uma terrível artrose tinha-o obrigado a passar a jogar com a direita e o seu grande handicap era o serviço. Por outro lado, tinha sido um jogador de top e continuado ligado à modalidade como professor durante toda a vida. Experiência não lhe devia faltar...

Apostado em passar os últimos dias da vida sob o reconfortante sol algarvio, jogava ténis várias vezes por semana e tinha até lições particulares com o professor-mor do clube.

A idade, a história da mudança de mão e a minha "juventude"( menos 20) deram-me, como já disse, confiança e nem dispensei  uma longa e pedestre visita de estudo, com os meus alunos,  pelos meandros da cidade de Tavira, na sexta -feira, que me deixou de rastos.

De uma simpatia desarmante, o senhor Jean despachou-me, em hora e meia, com um inquestionável 2-1: 6-2;  4-6  e 6-2.

Quem me dera jogar ténis e ter a simpatia do sr. Jean aos 70 anos. Bem a simpatia será, certamente mais fácil...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:24



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

4 águas/cativa editoras

5 euros (livro) + 2.5 (portes) = 7.5 euros vgcardeira@sapo.pt



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

votação

Pode Portugal sair da crise sem a ajuda da Troika?
Sim
Não
= ver resultados =



partículas




vendo


My blog is worth $5,645.40.
How much is your blog worth?


horas amargas


PRÉMIO CATIVA

07/2007 - Jorge Palma 08/2008 - Ricardo Araújo Pereira 09/2009 - José Bivar 10/2010 - Ana Drago 11/11/2011 - The Legendary Tiger Man 12/12/12 - Ricardo Araújo Pereira 26/12/13 - Rui Costa VII


tradutor