Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



vou ali cortar uma orelha e já volto

por vítor, em 06.07.12

 

Estou fulo! Venho agora da reunião de avaliação final de uma turma do 6.º ano e os meus alunos tiveram 50% de negativas a Língua Portuguesa, no exame final. Como só dei uma negativa na classificação interna, deve haver algum mal entendido. Todos os que tiveram negativa no exame, à exceção do que tinha tido negativa na avaliação interna, obtiveram percentagens entre 44 e 49, ou seja, com na avaliação interna se têm em conta as competências transversais (assiduidade, empenho, pontualidade, comportamento e outras) não existe incongruência entre a avaliação externa, que só avalia as competências específicas (os conhecimentos) e a avaliação interna: as duas avaliações são incomparáveis. Depois os critérios de avaliação do exame eram inenarráveis...Por exemplo: numa questão a resposta certa era " determinante demonstrativo". Se o aluno respondesse somente determinante, tinha metade da pontuação, se respondesse determinante demostrativo ( falta do n em demonstrativo) tinha zero. Outra: pedia-se aos alunos para "referir as dificuldades em...". Os alunos que enumeraram as dificuldades tinham a resposta errada. Tinham que elaborar um texto. Então não se pedisse que referissem. Quem devia ter negativa eram os que elaboraram os critérios de avaliação. Ou então eles estavam construídos para humilhar os alunos e gozar com o trabalho dos professores! Não estou a querer dizer que os alunos não tiveram a sua quota parte de responsabilidade. Sabiam, os que estavam transitados na avaliação interna, que o resultado do exame não contaria para nada. Mesmo que tivessem 1 ( a nota mais baixa possível).Estou, mas estou mesmo, fulo!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:42



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

4 águas/cativa editoras

5 euros (livro) + 2.5 (portes) = 7.5 euros vgcardeira@sapo.pt


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

votação

Pode Portugal sair da crise sem a ajuda da Troika?
Sim
Não
= ver resultados =



partículas




vendo


My blog is worth $5,645.40.
How much is your blog worth?


horas amargas


PRÉMIO CATIVA

07/2007 - Jorge Palma 08/2008 - Ricardo Araújo Pereira 09/2009 - José Bivar 10/2010 - Ana Drago 11/11/2011 - The Legendary Tiger Man 12/12/12 - Ricardo Araújo Pereira 26/12/13 - Rui Costa VII

tradutor