nunca incomodar... quanto mais sei mais sei que menos sei

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.votação

Pode Portugal sair da crise sem a ajuda da Troika?
Sim
Não
= ver resultados =

.Abril 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.PRÉMIO CATIVA

07/2007 - Jorge Palma 08/2008 - Ricardo Araújo Pereira 09/2009 - José Bivar 10/2010 - Ana Drago 11/11/2011 - The Legendary Tiger Man 12/12/12 - Ricardo Araújo Pereira 26/12/13 - Rui Costa VII

.tradutor

.links

.subscrever feeds

blogs SAPO

.posts recentes

. de volta ao lugar de onde...

. Mandrágora a Sul

. há decotes mais generosos...

. Privado ... para o públic...

. os animais da cabeça no p...

. Um Livro Um Pouco Secreto...

. ainda aqui este lugar

. Mão Morta nas Figuras

. Hipantropias nas águas da...

. Hipantropias

.4 águas/cativa editoras

5 euros (livro) + 2.5 (portes) = 7.5 euros vgcardeira@sapo.pt

.partículas

.horas amargas

.marcadores

. 25 de abril

. 4 águas

. actualidade

. adão contreiras

. adolescência

. aldeia

. alfarroba

. algarve

. ambiente

. américa

. amigo

. amigos

. amizade

. amor

. animais

. ano novo

. anselm kiefer

. antropologia

. arte

. bailados na penumbra

. beatles

. benfica

. blogue

. bob dylan

. cabanas

. cacela

. cacela velha

. canalsonora

. capitalismo

. cativa

. cidade

. cinema

. conceição

. contos

. corpo

. crime

. cultura

. democracia

. deus

. edições cativa

. educação

. eleições

. escritores

. eternidade

. faro

. felicidade

. fernando esteves pinto

. fernando gil cardeira

. filosofia

. fracturas intermédias

. futebol

. glorioso

. história

. homem

. humor

. jornais

. liberdade

. lisboa

. literatura

. livro

. livros

. loucura

. mãe

. memórias escritas

. mentira

. morte

. mulher

. música

. noite

. olhão

. partículas

. pensamento

. pintura

. poema

. poesia

. poeta

. política

. portugal

. praia

. prémio cativa

. relatividade

. restolho

. ria formosa

. romance

. rui dias simão

. sexo

. sociologia

. solidão

. substâncias

. tavira

. teatro

. televisão

. transeuntes

. transeuntes again

. turismo

. últimos

. verão

. viagem

. vida

. vítor gil cardeira

. todas as tags

.vendo


My blog is worth $5,645.40.
How much is your blog worth?

.arquivos

. Abril 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Agosto 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

Quarta-feira, 2 de Março de 2011

de volta ao lugar de onde nunca saiu

 

"Estavam calados. A sombra adensava-se no estreito recanto onde estavam estendidos. Numa parede resplendescia o oiro ténue e tranquilo da luz do poente. Ouviam o murmúrio do ribeiro, um leve sussurrar de folhas, algum pio rápido de uma ave, a minúscula obstinação de um insecto solitário.

Diante deles uma pequena janela em parte coberta pela folhagem de um arbusto. Pelo outro lado da vidraça, viam nuvens brancas, vagarosas, leves. Continuavam em silêncio, imóveis, extáticos, possuidores de uma serenidade imensa cheia de luz e sombra. Cada instante era uma longa vibração plena a que outro instante sucedia, igualmente pleno, igualmente vibrante, igualmente sereno. Nada esperavam no seu inteiro abandono fiel à densidade do silêncio. Não havia uma história a contar, uma palavra a dizer, o silêncio inundava-os e a maravilha latente tornava-se uma presença silenciosa, que era tanto do espaço como deles próprios em uníssono com ele."

 

Ramos Rosa como nunca o ... leu.

 

4 Águas Editora

sinto-me:
publicado por vítor às 19:29
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 23 de Maio de 2009

Mandrágora a Sul

Manuel Almeida e Sousa a caminho do Algarve

ArteserieS – Faro 9 de Maio de 2009
Acção performativa de Mandrágora com: (Por ordem de entrada em cena) Gonçalo Mattos, M. Almeida e Sousa e Bruno Vilão.
A acção é de Gonçalo e Bruno, as vocalizações e som base de Manuel.
Projecto de Mandrágora

 

 

sinto-me:
publicado por vítor às 22:29
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 12 de Abril de 2009

há decotes mais generosos que outros

 

Será que na Loja do Cidadão de Faro os funcionários (homens) podem trabalhar com decotes generosos?

sinto-me:
música: oh tempo volta pra trás
publicado por vítor às 21:00
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 18 de Março de 2009

Privado ... para o público

 

capa de Manuel Almeida e Sousa

Afinal a cerimónia é às 21:30 e não às 17 horas

 

Fernando Esteves Pinto nasceu em Cascais em 1961 e é co-fundador do "Sulscrito" - Círculo Literário do Algarve e co-coordenador do projecto Palavra Ibérica e da editora 4águas.

 

livros publicados:

- Na Escrita e no Rosto (poesia)

- Siete Planos Coreográficos (poesia)

- Ensaio Entre Portas (poesia)

- Conversas Terminais (romance)

- Sexo Entre Mentiras (romance)

- Privado (novela)

 

Na gaveta tem o romance que vai arrasar a literatura portuguesa: "Teatro Brutal". Não ficará pedra sobre pedra. Das ruínas fumegantes, outro mundo emergirá...

 

publicado por vítor às 21:15
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 1 de Março de 2009

os animais da cabeça no pátio das letras

publicado por vítor às 23:09
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 13 de Novembro de 2008

Um Livro Um Pouco Secreto (Edições 4 Águas)

sinto-me:
publicado por vítor às 21:56
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 12 de Setembro de 2008

ainda aqui este lugar

publicado por vítor às 21:13
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 5 de Abril de 2008

Mão Morta nas Figuras



Como é que pude falhar o concerto dos Mão Morta, no Teatro das Figuras, em Faro.

Primeira grande falha pós 50 . A senilidade quando chega é para todos.
sinto-me:
publicado por vítor às 23:47
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2008

Hipantropias nas águas da ria



Edições Cativa apresenta... tcharammm ....

Só hoje vos apresento a primeira obra editada pelas "Edições Cativa" porque só agora consegui "roubar" a capa de um blogue por onde passei. Por preguiça não a procurei nos meus suportes digitais por onde deve jazer.

A obra vai  já na segunda edição e continua a vender a bom ritmo. Não fora o seu autor o celebrado poeta Rui Dias Simão, que a seguir "vos deixo" com o maior poeta algarvio de todos os tempos (e um dos maiores de todo o lado e de sempre) António Aleixo.



O poeta, ainda, lendo no histórico (sobretudo para a poesia portuguesa) Café Aliança, em Faro...

sinto-me:
publicado por vítor às 22:52
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sábado, 3 de Novembro de 2007

Hipantropias




O meu amigo Rui, aliás, o poeta Rui Dias Simão, autografando o seu livro de poesia Hipantropias , no dia do seu lançamento, na ponte romana de Tavira.

A obra tem a chancela das Edições Cativa ligada, como não podia deixar de ser, a este blogue.

Depois de intensas tertúlias no Café Aliança em Faro ( o centro vital da poesia portuguesa), o poeta prepara-se para dar à luz uma nova obra. Mais uma vez serão 69 poemas a rasgar o panorama cultural do país. É pena que o dito ande tão distraído e não se aperceba das luzes que riscam os céus  a Sul...
publicado por vítor às 22:54
link do post | comentar | favorito
|