nunca incomodar... quanto mais sei mais sei que menos sei

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.votação

Pode Portugal sair da crise sem a ajuda da Troika?
Sim
Não
= ver resultados =

.Abril 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.PRÉMIO CATIVA

07/2007 - Jorge Palma 08/2008 - Ricardo Araújo Pereira 09/2009 - José Bivar 10/2010 - Ana Drago 11/11/2011 - The Legendary Tiger Man 12/12/12 - Ricardo Araújo Pereira 26/12/13 - Rui Costa VII

.tradutor

.links

.subscrever feeds

blogs SAPO

.posts recentes

. Palermices à beira duma p...

. anos sessenta...

. sem ti sou nada

. última dissolvência

. 7 contos ilustrados

. o passado está ao dobrar...

. o canto suave das aves ne...

. a alma do outro

. depois da chuva...

. Cicatrices

.4 águas/cativa editoras

5 euros (livro) + 2.5 (portes) = 7.5 euros vgcardeira@sapo.pt

.partículas

.horas amargas

.marcadores

. 25 de abril

. 4 águas

. actualidade

. adão contreiras

. adolescência

. aldeia

. alfarroba

. algarve

. ambiente

. américa

. amigo

. amigos

. amizade

. amor

. animais

. ano novo

. anselm kiefer

. antropologia

. arte

. bailados na penumbra

. beatles

. benfica

. blogue

. bob dylan

. cabanas

. cacela

. cacela velha

. canalsonora

. capitalismo

. cativa

. cidade

. cinema

. conceição

. contos

. corpo

. crime

. cultura

. democracia

. deus

. edições cativa

. educação

. eleições

. escritores

. eternidade

. faro

. felicidade

. fernando esteves pinto

. fernando gil cardeira

. filosofia

. fracturas intermédias

. futebol

. glorioso

. história

. homem

. humor

. jornais

. liberdade

. lisboa

. literatura

. livro

. livros

. loucura

. mãe

. memórias escritas

. mentira

. morte

. mulher

. música

. noite

. olhão

. partículas

. pensamento

. pintura

. poema

. poesia

. poeta

. política

. portugal

. praia

. prémio cativa

. relatividade

. restolho

. ria formosa

. romance

. rui dias simão

. sexo

. sociologia

. solidão

. substâncias

. tavira

. teatro

. televisão

. transeuntes

. transeuntes again

. turismo

. últimos

. verão

. viagem

. vida

. vítor gil cardeira

. todas as tags

.vendo


My blog is worth $5,645.40.
How much is your blog worth?

.arquivos

. Abril 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Agosto 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

Terça-feira, 30 de Janeiro de 2007

Salazar, Involuntário

Como tinha contado no post anterior, anda-se a votar em Salazar sem saber como. Hoje no Público, secção "MEDIA", podemos ler sobre a fraude em "SMS anónimos levam a voto em Salazar".

Bela ocasião para a RTP se livrar do problema bicudo em que se meteu: exclusão do dito cujo, e de outros se for caso disso, por usurpação de voto e fraude. E o concurso "Grandes Portugueses" pode continuar com brilho.

Quanto vou receber pela assessoria, D. Elisa?

marcadores:
publicado por vítor às 17:14
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Natureza Morta

A contenção da laranja

irrompe na escuridão global

da gramática improvisada

espelho virtual

em combustão.

 

Terminologia invulgar

na precedência dos ciclos

intemporais e inúteis,

na lâmina escorrendo

confluências sanguíneas

em relações implementadas a

dois.

 

Eu e a minha

natureza morta.

marcadores: ,
publicado por vítor às 09:54
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 27 de Janeiro de 2007

O Melhor Português da Treta

Hoje encontrei um amigo que me contou uma estória curiosa. Recebeu uma mensagem de telemóvel de um, seu, amigo para lhe telefonar para um número que referia na mensagem. Não o desse seu amigo. Estranhou mas, confiando no amigo, seu, lá ligou para o dito número. Estupefacto e apalermado ouviu, do outro lado da linha, mais ou menos isto:

"Parabéns, acabou de votar no Dr. Oliveira Salazar como o maior português de todos os tempos, no concurso "O Melhor Português", da RTP. Obrigado."

Assim também o meu cão, que por acaso se chama "Blog", poderia ser considerado o melhor português de sempre. Ele que até é já o "melhor-cão-do-mundo".

marcadores:
publicado por vítor às 17:26
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 25 de Janeiro de 2007

Ruído

Ruído, ruído, ruído... condene-se a verborreia!

Pena:

- arrotar sete vezes ao dia;

- Comer ovo cru em jejum durante três luas;

- sacudir o pó das unhas sempre que comer gelados;

- esmagar entre os dois polegares um papo-seco, bem seco;

- utilizar o referido papo-seco num gaspacho bem avinagrado.

Por fim:

Obrigue-se o prevaricador a dormir sesta de Branca de Neve.

(Segue-se assinatura ilegível)

fthdtyksrtu

publicado por vítor às 22:23
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 23 de Janeiro de 2007

Serão Cavalheiros

Infelizmente não consegui a foto que queria (nabice minha) em que cidadãos do Reino Unido (I presume) arrecadavam de tudo o que dava à costa em contentores caídos do Napoli.Até uma mota de grande cilindrada ( esta disputada por vários "predadores") lá foi em cima de um camião. As fotos pareciam as que vemos , em situaçoes de catástrofes, em países do terceiro mundo. A seguir ao tsunami do Índico, da chegada dos americanos a Bagdade, etc, etc.

Serão cavalheiros britânicos, senhor Carlos Espada?

marcadores:
publicado por vítor às 17:14
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2007

Barbeados para a Corrida

 

 

 

 

 

                        Na luz forte sem arrepio

Calados os restos de anjos

Partículas atiradas

Na lenta, doce

Corrida que se fecha

Na consciência dos trigos

Em prantos celestiais,

Nos pântanos esquecidos da dor

 

Agora! na luz forte sem arrepio

 caiu alguém

Garras violam sementes, movimentos de

Folhas sem cio cobrem as ruas

Terras por descobrir oferecem

Fêmeas por sacrificar

No promontório da saudade.

 

Santos e cavalos

Barbeados para a corrida

Sorridentes aceitam esmolas.

 

A multidão escarra-se

Em preces fanáticas antes de morte.

 

marcadores:
publicado por vítor às 18:02
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Durante a Noite Veio o Frio

 

                Durante a noite veio o frio

E a fealdade transformou-se em vácuo.

 

Nada seria mais simples

Se o passado se eternizasse

Num corpo ensanguentado.

 

marcadores:
publicado por vítor às 17:52
link do post | comentar | favorito
|

...

 

 

 

 

                             Algumas vezes

Odeio as raparigas dos dragstores.

 

Abril dos cravos

É o meu lema.

 

Algumas vezes

Odeio os folhetos que me impingem.

 

Revoluções

São o meu pão.

 

Algumas vezes

Odeio os votos das circunstâncias.

 

Rastejar

Parece-me triste.

 

Algumas vezes

Rastejo e odeio as florestas.

marcadores:
publicado por vítor às 17:49
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2007

Aborto e Parvoíce

A minha única intervenção pelo Sim no referendo do próximo dia 11 era para se limitar à "etiqueta" que aparece na coluna da esquerda deste blogue. A discussão é sempre a mesma e para esse peditório já eu dei muitas vezes. Os avanços científicos atirados, como desequilibradores, à praça não acrescentam muito e quando o fazem dão para os dois lados. Sou pelo Sim convictamente mas compreendo a posição da maioria das pessoas que defendem o não e não é por aí que o gato vai às filhoses, ou seja que eu entro na liça. Aliás nem vou entrar seguramente. Agora tenho lido e ouvido tanta parvoíce nestes dias vindas das bandas do não que não poderia ficar calado. Não de uma forma prosélita, mas só para desabafar e para não dizer parvoíces eu mesmo. Sim que pelo lado do Sim também há muita parvoíce no ar e o melhor era estes ditos cujos estarem caladinhos. Mas como eu ia dizendo vieram, nos últimos dias uns senhores e umas senhoras defender que o aborto é um assassinato como os que  deliciavam Saddam Hussein nos seus tempos glórios , que é um assassinato praticado pela mãe sobre os seu filhos, que é um genocídio... haja decoro! Vão mas é pentear macacos (coitados que não têm culpa) e deixar de ofender a inteligência das pessoas e a vossa que parece pouco nutrida.

marcadores:
publicado por vítor às 01:17
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 16 de Janeiro de 2007

Antropologia e Eternidade

Morreu Mesquitela Lima. Augusto Mesquitela Lima. Foi meu professor, amigo e, apesar das profundas divergências, meu Mestre. Era "o mais velho" da Antropologia portuguesa.

Bom "trabalho de campo" entre os Eternos!

marcadores: ,
publicado por vítor às 13:41
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|